Por que você tem cárie mesmo escovando os dentes?

Desde criança, aprendemos que é preciso escovar os dentes após todas as refeições. Até essa prática se tornar um hábito, os pais chamam a atenção para a escovação: “se não escovar os dentes, vai ter cárie”! Mas será que é só a escovação correta que previne as cáries? Entenda abaixo!

Cuidado em todas as idades


Primeiro, vale ressaltar que a atenção para a saúde bucal deve estar presente em todas as etapas das nossas vidas, não só na fase jovem. Os adultos podem pensar que estão ingerindo menos doce com o passar dos anos e que, consequentemente, não terão problemas com cáries. Mas não é bem assim.


Sim, a cárie é produzida por bactérias que destroem o esmalte do dente após consumirem restos de alimentos que ficam na boca, mas não apenas o açúcar. Inclusive, quem tem um paladar acostumado com o doce desde cedo, pode ter um risco maior de desenvolver cáries, mas esse não é o único fator a se considerar na hora de se prevenir essa condição.


Trocar o açúcar pelo adoçante faz diferença para a sua saúde bucal? Confira.


Um olhar para a saúde como um todo


Outras condições também podem aumentar a predisposição de cáries, como o diabetes descontrolado e certos tratamentos quimioterápicos.


Além disso, a genética também influencia na sua saúde bucal. A composição da placa bacteriana e deficiências na produção do esmalte podem variar de pessoa para pessoa devido a mutações no DNA passadas pelas gerações anteriores.


Até a saliva faz diferença para a presença ou não de cáries, sabia? De modo geral, a saliva é importante para ajudar a repor os minerais que contribuem para a integridade dos dentes e para equilibrar a acidez da boca, ambos fatores relacionados à cárie. Então, a sua produção de saliva também interfere aqui! A boca seca pode ser causada pela respiração incorreta ou por alguns medicamentos.


Em resumo, infelizmente algumas pessoas terão mais predisposição para cáries do que outras. Então, como saber qual a melhor forma para se prevenir a cárie, mesmo escovando os dentes regularmente?


O acompanhamento de quem entende do assunto


É importante a assistência periódica de um profissional capacitado a fim de identificar os motivos por trás do aparecimento das cáries e não só tratar os graus mais incômodos da condição, como a dor ou nos dentes. No mínimo, uma vez ao ano, é recomendado ir ao consultório odontológico, ok?


Além disso, o dentista consegue investigar os estágios iniciais da cárie, como manchas esbranquiçadas e opacas nos dentes, até manchas mais escuras que atingem tecidos profundos. Sem tratamento, a cárie pode causar inflamação na gengiva e até a perda do dente.


Cada fase da cárie tem um tratamento específico, que vai desde a aplicação de medicamentos nos estágios iniciais até a restauração dentária em casos mais graves, assim como o tratamento de canal. Por isso é tão importante ir além dos simples cuidados com a escovação diária a fim de evitar danos maiores à sua saúde bucal.



O que você pode fazer todos os dias


Fica claro que a limpeza correta, com escova e fio dental, é o principal meio para se combater a cárie e tantos outros malefícios para a saúde bucal, mas que tal conferir algumas outras orientações a fim de garantir um cuidado completo?


Muitos adultos também deixam de lado o fio dental e é hora de retomar esse hábito de higiene com a escovação diária. Além disso, beber mais água ajuda tanto na limpeza da boca quanto na produção de saliva.


Leia sobre como a sua alimentação interfere na sua saúde bucal.


E vale ressaltar que o cuidado com a saúde bucal vai além da preocupação estética ou de prevenção de cáries, não é mesmo? A lista de doenças bucais é grande, como mau hálito, gengivite, periodontite e tantas outras mais complexas.


Em Juiz de Fora, procure a Clinica CODAP, especializada em odontologia integrada com sedação consciente.


4 visualizações0 comentário