A sua alimentação afeta os seus dentes?

Você sabia que a sua alimentação afeta a saúde dos seus dentes? E eu não estou falando apenas de alimentos com açúcar!

Muitas pessoas pensam que apenas evitando os doces é possível evitar a cárie, mas não é apenas o açúcar o responsável por isso. Pode até parecer óbvio, mas não é todo mundo que entende a importância da alimentação para a saúde bucal.


Não higienizar corretamente a boca é a principal razão para a manifestação das cáries. Porém, não apenas os doces, mas muitos outros alimentos podem favorecer a proliferação delas. E da mesma forma, existem alimentos que ajudam em sua prevenção.


A cada dia que passa percebemos a importância da boa alimentação, não apenas para uma vida saudável, mas para uma boca saudável. Neste artigo vamos entender como a nossa dieta pode nos ajudar a conquistar uma boa saúde bucal, continue lendo!


A saúde começa pela boca


Esse é de fato um ditado extremamente conhecido, e é a mais pura verdade. Os alimentos que ingerimos afetam diretamente nossa saúde física e mental. Eles podem nos dar ou tirar energia, e acrescentar muito ou nenhum valor nutricional.


Não apenas a quantidade de açúcares e calorias que o alimento tem, mas outros fatores como a sua consistência e acidez podem afetar a boca também. Muitas vitaminas ajudam a manter os dentes e as gengivas mais saudáveis, porém alguns alimentos podem causar sensibilidade, diminuição do pH da boca e aumento na proliferação das cáries.


Vamos conhecer os alimentos cariogênicos e detergentes!


O que são alimentos cariogênicos?


Alimentos que recebem esse nome são considerados ajudantes na proliferação das cáries. Eles podem possuir muito açúcar em sua composição ou diminuir o pH da boca, deixando o ambiente mais propício às culturas nocivas de bactérias.


As bactérias que já estão presentes em nossa boca aproveitam-se da presença desses alimentos para produzir mais ácidos. São estes que causam as lesões conhecidas como cáries por toda a nossa boca. Os açúcares que esses alimentos são ricos em podem ser separados em 3 categorias, são elas:


Glicose


Parte dos carboidratos simples, ela é essencial para a produção de energia do nosso corpo. Possibilita a respiração celular e é fundamental para o funcionamento do organismo.


Porém, deve ser consumida apenas em moderação, pois o exagero pode levar a doenças e principalmente a grandes formações de cáries.


Sacarose


O mais presente no nosso cotidiano, pois nós mesmos a adicionamos no café, nos sucos e até em receitas. O açúcar de mesa, que também deve ter seu uso moderado.


Frutose


Açúcar natural presente em todas as frutas. Ela é transformada em glicose pelo nosso organismo, ajudando na produção de energia. As frutas são ótimos alimentos, cheios de fibra, porém a frutose deve ser controlada, pois também é um tipo de açúcar. Cáries e doenças podem ser causadas pelo excesso também. Estudos indicam que o consumo de frutose processada também aumenta os níveis de fome.


Consuma os alimentos a seguir moderadamente:


  • Biscoitos recheados;

  • Chocolate;

  • Balas, chicletes e outras guloseimas;

  • Mel;

  • Açúcar adicionado, como em bolos, chás e café;

  • Refrigerantes e sucos industrializados;


Lembre-se de escovar os dentes 30 minutos após ingerir quaisquer alimentos, mesmo os detergentes a seguir.


O que são alimentos detergentes?


E se eu estiver na casa de um amigo, na rua ou em algum lugar que eu não tenha acesso a uma escova de dentes e fio dental? Aí entra a importância dos alimentos detergentes.


De nenhuma maneira, eles substituem a necessidade da escovação, porém são alimentos que auxiliam na remoção dos resíduos de outros alimentos. Eles removem excesso de gordura, resíduos e bactérias ao longo da mastigação. Além disso, previnem as cáries, gengivite e mau hálito.

Ao consumir alimentos ácidos, gordurosos ou com muito açúcar, o pH da boca é alterado. E um ambiente mais ácido é o lugar perfeito para bactérias cariogênicas se proliferarem. Felizmente, os alimentos detergentes também têm a habilidade de balancear o pH da boca novamente.


Exemplos: maçã, pera, kiwi, melancia, mamão, cenoura, acelga, pepino, aipo, brócolis, couve-flor e chicletes sem açúcar.


Mastigue bem e, assim que possível, faça uma escovação completa!


Como usar a alimentação para fortalecer meus dentes?


Os nossos dentes são a parte mais dura do nosso corpo, mas eles podem ser frágeis e precisam de nutrientes e vitaminas para ficarem fortes. Aqui estão alguns tipos de alimentos e vitaminas que te ajudarão a ter dentes fortes!


Leite e carnes magras: possuem muito cálcio fósforo, por isso deixam dentes e ossos mais fortes e saudáveis.


Queijo e iogurtes: além do cálcio, a fermentação e as bactérias boas presentes nesses alimentos ajudam nossas gengivas a se manterem saudáveis.


Vitaminas A, B e C:alimentos como hortaliças possuem vitaminas A e B, e alimentos como morango, laranja, cenoura e pimentão amarelo, são ricos em vitamina C. Elas ajudam a prevenir as cáries e a fortalecer o sistema imunológico.


Preciso parar de comer alimentos com açúcar e carboidratos?


Claro que não, mas o consumo deve ser moderado! Não apenas pelos seus dentes, mas pela sua saúde em geral. E deve sempre fazer questão de realizar escovações completas ao menos 3 vezes ao dia. Incluindo fio dental!


Consulte o seu nutricionista para adequar a sua alimentação para um sorriso mais saudável. E fale com seu dentista, ele poderá te ajudar a deixar o seu sorriso mais brilhante do que nunca!


Quer saber mais sobre como a saúde bucal pode ser simples? Acesse o nosso blog e confira nossos outros artigos!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo