Chupeta entorta os dentes? Saiba a verdade agora

Pepeta, chupeta, bico… esse acessório tem vários apelidos fofinhos dados pelos pais de muitas gerações. E nesse tempo, ela também se tornou uma grande aliada na hora de acalmar as crianças! Mas será que esse hábito faz mal? É verdade que chupeta entorta os dentes?


Você sabe que as crianças estão em constante fase de crescimento. O corpo, a cabeça e, inclusive, a mandíbula estão evoluindo e mudando a cada dia que passa. Com isso, muitos comportamentos podem acabar sendo nocivos à formação apropriada da criança.


Por isso, sim, sem enrolações, a chupeta entorta mesmo os dentes e a face! Mas isso quer dizer que seu filho nunca mais poderá usá-la? Ou você já está percebendo as mudanças na mordida dele? Continue lendo para entender o que fazer.

Chupeta entorta; mas por quê?

Quando se trata de bebês, tudo fica à flor da pele. Até para pais de segunda viagem a experiência de entender um novo ser humano é bem complicada. A sensação é de que não falamos a mesma língua, logo na primeira sensação de desconforto cedemos ao que sabemos que funciona.


Assim, por eras a chupeta se tornou sinônimo de bebês. Mas agora, nós sabemos como ela realmente afeta a saúde dos pequenos e se vale a pena arriscar.


Então a chupeta entorta?

O uso contínuo da chupeta causa a projeção dos dentes superiores para frente, mudando a estrutura da mordida completamente. Assim surge a "mordida aberta", onde os dentes de baixo e de cima não se encostam de jeito nenhum.


Na parte posterior da boca, a arcada dentária não se desenvolve lateralmente, ocasionando ali a "mordida cruzada".

Tudo isso associado ao aparecimento de posturas musculares incorretas da língua e músculos da face.


Essas deformações causam sérios problemas à saúde já que toda a estrutura do rosto é afetada a médio prazo. A chupeta altera a maneira como a criança respira, incentivando a respiração pela boca, afetando o sono drasticamente, assim como a postura corporal. Problemas no sono causam desatenção, cansaço extremo e déficit de desenvolvimento da criança.


O uso da chupeta pode acarretar mais problemas do que parece!


Desvantagens da chupeta

Além dos problemas de formação bucal, ainda existem outros menos falados, mas que também prejudicam a saúde da criança. A chupeta está diretamente relacionada com diversos problemas além da alteração bucal, por isso é importante tomar muito cuidado com o seu uso.


Bactérias

A chupeta é algo que está em constante movimento. Sendo jogada no chão e não sendo limpa corretamente, passando por diversos lugares e depois voltando para a boca do bebê. Acumula sujeira e saliva dentro dela, o que pode ser ótimo para a proliferação de bactérias.


A candidíase bucal em crianças com chupeta é mais comum do que parece. E outras infecções causadas por bactérias também encontram seu caminho através da chupeta.


Afeta o desenvolvimento da fala

Tanto a chupeta quanto o dedo podem ter esse mesmo papel. Ao estar em contato constante com o céu da boca, a alteração da estrutura nesta região pode acabar prejudicando o desenvolvimento da fala da criança.


A mordida aberta, causada pela chupeta, também pode ter um grande impacto na pronúncia de alguns sons e fonemas. A longo prazo, isso pode atrapalhar nas habilidades de aprendizado e socialização da criança.


Problema na alimentação

Pois é, esse é um dos assuntos menos falados quando se fala de chupeta. Mas é bem simples de entender! Sabe aquilo de que mascar chiclete engana o seu estômago? Então, o mesmo acontece com a chupeta, uma falsa saciedade toma conta assim que o movimento de sucção acontece.


Isso traz problemas para o apetite dos pequenos e também para a maneira como eles se alimentam, já que suas mordidas não são mais as mesmas.



Como tirar a chupeta

E agora? Como tirar esse hábito de uma criança?


Bom, se o seu filho ainda é pequeno, temos uma boa notícia: até os 3 anos o impacto causado pela chupeta ainda pode ser facilmente revertido. As mudanças ainda existem, porém, são mais fáceis de consertar do que com crianças maiores.


O processo de desapego da chupeta pode ser longo e doloroso para a criança. Portanto, nessa hora, é importante que os pais se atentem à boa comunicação. Passar a mensagem de que a chupeta é passado e que eles não precisam mais dela pode ajudá-los a desapegar emocionalmente desse objeto de tanto valor.


Tome cuidado para tirá-la gradualmente, com intervalos de horas à dias e daí em diante. Se a retirada for feita abruptamente, é possível que a criança ache algo para substituir a chupeta, como o dedo ou um brinquedo.


Mas uma coisa é certa:


A ajuda de um especialista é muito importante nesse momento!


Após retirar a chupeta, dependendo da idade da criança, pode ser necessário o uso do aparelho bucal ortodôntico ou ortopédico para arrumar a mordida. Assim como hábitos de higiene também precisam ser supervisionados. Caso precise de ajuda para desapegar da chupeta, o seu odontopediatra também pode te ajudar!


Além do odontopediatra, um fonoaudiólogo também pode ser importante para a retomada da fala!


Se você tem alguma dúvida sobre o assunto, não hesite em nos contatar, somos especialistas em fazer sorrisos brilharem!


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo